Pulseiras eletrônicas da Disney aumentam as vendas em teste

size_590_disney

Testadas no parque da Walt Disney na Flórida, pulseiras servem de ingresso de admissão, chave de quarto de hotel e cartão de crédito

Pulseiras eletrônicas testadas no parque da Walt Disney Co. na Florida tiveram sucesso e aumentaram os gastos feitos pelos visitantes, disse o presidente da divisão de parques da companhia, Thomas Staggs.

As pulseiras servem de ingresso de admissão, chave de quarto de hotel e cartão de crédito. Foram testadas com mil pessoas no Walt Disney World na Florida, segundo explicou Staggs em entrevista na conferência anual da Allen Co em Sun Valley, Idaho, sem dar detalhes. Com elas, os visitantes aumentaram a média de gastos, em parte porque acharam a tecnologia divertida, disse Staggs.

A Disney, a maior operadora de parques de diversões do mundo, planeja continuar testando a tecnologia – chamada MyMagic+ – antes de expandi-la em Walt Disney World até o final do ano, disse Staggs.

As pulseiras ajudam a controlar as multidões, pois reduzem o tempo que as pessoas passam na fila permitindo-lhes reservar lugares em atrações e restaurantes por antecipado. Com elas, as pessoas também podem agendar encontros especiais com personagens como o Goofy, por exemplo.

“Ainda estamos fazendo testes”, disse Staggs. “Vai demorar um pouco para programar tudo”.

As pulseiras possuem um vínculo com um banco de dados de clientes, permitindo aos visitantes comprar itens nos hotéis da Disney World, e em quatro parques temáticos e aquáticos passando os dispositivos por um sensor. A tecnologia de rádio acelera as transações, o que ajuda os clientes a tornarem as viagens mais eficientes.

A Disney também utilizará MyMagic+ para oferecer promoções e atividades especiais de potencial interesse para os consumidores.

MyMagic+ impulsiona o programa da Disney chamado Fast Pass, para que os clientes reservem lugares nas atrações por uma hora quando já estão no parque.

“Isso permite que os clientes agendem os programas antes de começar o dia, então na verdade se trata de um Fast Pass melhorado”, disse Staggs. “O Fast Pass está melhorando”.

Fonte: exame.abril.com.br

Foto destaque: Gene Duncan/Disney Parks via Getty Images

Guia de Orlando, a mais nova ferramenta de ajuda ao turistas brasileiros que visitam Orlando, Fl

You must be logged in to post a comment Login