Saiba como contratar um seguro-saúde internacional

Para contratar um seguro de viagem nós sempre indicamos a Assureline Insurance, que está há mais de 10 anos cuidando dos brasileiros no EUA. Falar com eles é muito fácil, o tel é (407) 502-0203 e o wzap (407) 280-5305 (clique aqui para abrir o whatsapp e enviar mensagem).  Conheça abaixo um pouco mais sobre o seguro de viagem:

O que é o Seguro de Viagem?

O Seguro de Saúde para Viagem, ou simplesmente Seguro Viagem, protege você e sua família em caso de doença ou acidente durante uma viagem fora de seu país de residência.

Você escolhe o valor e o período de cobertura e, em alguns casos, pode prorrogar o período de proteção.

Como escolher seu Seguro de Viagem?

Para escolher um plano de seguro que atenda às suas necessidades, primeiro você precisa analisar o que está procurando ou o que precisa em um seguro. Você precisa de cobertura de saúde mental? Você é um atleta? Você tem alguma condição pré-existente que precisa tratar, como diabetes, por exemplo? Você está com boa saúde, mas gostaria de fazer exames anuais de rotina? Você deve se perguntar esses tipos de perguntas para identificar suas necessidades e ser capaz de tomar a melhor decisão em relação ao seu plano.

Como funciona o Seguro de Viagem?

A maioria dos planos de seguro é projetada para cobrir doenças ou lesões novas ou qualificadas que ocorram após a data em que o plano é ativado, e isso se aplica no caso de planos de seguro para estudantes e viajantes internacionais. A maioria dos planos inclui franquias (deductibles) ou Copays e Coinsurance. A franquia (deductible) é uma quantia que o segurado deve pagar do bolso antes que o plano comece a pagar quaisquer benefícios. Geralmente após dedução se aplica a co-insurance, que é uma porcentagem do resto da conta médica que é dividido entre o segurado e a seguradora, e que varia conforme o plano. Um Copay é um valor fixo que você deve pagar sempre que usar seu seguro, por exemplo, para cada visita ao médico ou centro de atendimento de urgência. Entender esses termos básicos é a chave para entender como a cobertura de seguro funciona e ajudar você a tomar a melhor decisão no momento da compra.

O Seguro de Viagem Internacional é obrigatório?

No caso de uma viagem internacional com objetivo turístico, na maioria dos países, um Seguro de Viagem não é obrigatório; mas é a garantia de sua tranquilidade.

Consulte sempre seu agente de viagens ou a embaixada do país a ser visitado sobre a obrigatoriedade de um Seguro viagem.

Quer saber sobre os valores e coberturas? Fale com a Assureline Insurance, é muito fácil: o tel é (407) 502-0203 e o wzap (407) 280-5305 (ou clique aqui para abrir o whatsapp e enviar mensagem)

Quando pensamos em viajar, seja a passeio ou a negócios, a última coisa que passa pela cabeça é a idéia de algum acidente ou doença. Mas imprevistos deste tipo são muito comuns em viagens, e é melhor se prevenir: freqüentemente, uma mera torção de tornozelo pode significar deixar centenas de dólares em uma clínica particular.

Para se sentir mais tranqüilo e protegido, uma boa opção são os seguros-saúde internacionais que, por uma quantia que pode variar de dezenas a centenas de dólares, garantem cobertura para alguns imprevistos. Mas é preciso ficar de olho, para não pagar o seguro ficar sem atendimento. Veja algumas dicas:

1) Em primeiro lugar, especialmente se a viagem for longa, faça um check-up e um exame odontológico para conhecer suas reais condições de saúde.

2) Se você já tem plano de saúde, informe-se sobre as codições necessárias para estender o benefício para o exterior, mas fique atento a todas as cláusulas do contrato: nem sempre a cobertura internacional será a mesma do Brasil.

3) Se o seu seguro não tem cobertura para o exterior, ou se as condições não lhe parecerem favoráveis, informe-se na agência de viagens sobre os planos oferecidos, pois muitas oferecem este serviço de forma opcional, com coberturas ilimitadas, atendimento hospitalar com acompanhante, repatriação ao país de origem, assistência odontológica, legal e outros benefícios.

4) Se o dinheiro não estiver sobrando para fazer um seguro completo, converse com seu médico e com sua família sobre as principais coberturas necessárias: doenças infecto-contagiosas, fraturas ou apenas hospitalização? Escolha as prioridades.

5) Informe-se no Procon de sua cidade sobre a idoneidade das empresas e busque referências, de preferência com pessoas conhecidas que já tenham contratado e utilzado o serviço em suas viagens. Não faça escolhas sem estar muito bem informado, pois nem sempre é fácil exigir seus direitos em outro país, tendo como garantia apenas o seguro feito por uma empresa desconhecida.

6) Exija que o contrato esteja escrito na sua língua, e leia-o atentamente. Observe as localidades cobertas pelo seguro, os preços, as condições e o prazo. Há diversos detalhes nestes contratos que podem provocar surpresas se não forem observados.

7) Durante a sua viagem, leve sempre com você toda a documenação necessária para acionar o seguro, e também os endereços onde pode procurar a empresa seguradora ou seus representantes.

8) Como, em geral, estes seguros funcionam por sistemas de reembolso, guarde com cuidado toda a documetação de eventuais consultas e/ou tratamentos, para garantir o cumprimento do que foi estabelecido no contrato.

Redacão Terra